Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘Sata Air Açores

Aterrar nos Açores

leave a comment »

Este post prova que nos Açores não é fácil ser-se piloto de aviação comercial.

As nossas ilhas estão no meio do Atlântico, muitas das vezes com ventos cruzados com rajadas fortíssimas.

O 1º de Dezembro foi pródigo no que diz respeito às aterragens em LPFL, e o Spotting a Ocidente esteve lá para as registar.

   Com ventos de rajada  na ordem dos 30 nós, cerca de 55 km/h, os pilotos da SATA provaram de que fibra são feitos.

  As duas aterragens do Q200 e uma do Q400, demonstram bem o quão difícil é voar nestas ilhas de bruma.

Fonte:

Spotting a Ocidente

Anúncios

A SATA, novamente…

leave a comment »

Quando li este título desta notícia, decidi abrir porque tinha um palpite que sabia qual era a companhia aérea que era alvo desta reclamação.

23rfm

Ao abrir a notícia, não me enganei: SATA, Azores Airlines

logo_sata_facebooksata-azores-airlines-770x439_c

Nelson Rosado usou as suas redes sociais para mostrar o seu descontentamento e indignação relativamente à forma como foi tratada uma reclamação que apresentou à companhia aérea SATA. Quando regressava dos Açores o cantor recebeu no aeroporto de Lisboa a sua bagagem danificada, algo que o levou a apresentar no momento uma reclamação.

Feita a reclamação, Nelson dirigiu-se a uma loja onde lhe seria oferecida a oportunidade de adquirir a custo zero, achava ele, uma mala equivalente à que ‘perdeu’.

Porém, a mala que lhe foi apresentada na loja em questão tinha, de acordo com as suas declarações, qualidade inferior à sua. Uma situação que não representava para si qualquer tipo de problema: “Estava na disposição de aceitar uma mala de valor qualidade inferior a esta”, garante o artista, que soube depois que a mala em questão, apesar de ter qualidade inferior à sua, superava o valor que a SATA estaria disposta a pagar pelos danos causados.

A mala custava 138€ e a companhia limita-se a oferecer 120€. Incrédulo e indignado com o facto de ter de pagar mais 18€ por uma mala que, para si, não tinha a qualidade da que ‘perdeu’, Nelson não aceitou a oferta da companhia e voltou a reclamar desta vez por email.

“Eu quero uma mala equivalente a esta [que pode ver nas imagens], expus a situação por email e já vou na segunda reclamação e até hoje não me responderam”, lamenta o músico, que decidiu tornar pública a situação que está a viver para que assim ajude outras pessoas que passam por situações semelhantes. “Isto é um aviso lá para casa, reparem sempre nas vossas bagagens quando chegarem aos aeroportos e reclamem”, concluiu.

 

Infelizmente, a SATA, Azores Airlines, SATA Air Açores, continua a cagar para os seus clientes! No ano passado aconteceu-me o mesmo:

  • Escrevi no livro de reclamações por um cancelamento de um voo (por motivos de ordem técnica) e reencaminhamento para outro da companhia (por motivos de força maior tinha de estar em São Miguel no mesmo dia, 5 horas depois). Depois de estar no avião, houve mais um empate acima de 30 minutos por uma avaria no avião (pois uma peça do avião tinha de ser trocada). Só ao fim de quase 30 minutos de espera é que tivemos informação da tripulação do que se estava a passar. Tínhamos bagagem prioritária… mas à chegada a S. Miguel, ainda esperamos 5 a 10 minutos pela bagagem… Esperei (vários) meses por uma resposta da companhia a esta reclamação (ver um ponto mais abaixo com mais detalhe);
  • Em Setembro, numa viagem para a ilha do Pico (SATA Air Açores), em plena sala de embarque fomos abordados por uma senhora da companhia a explicar que havia overbooking e perguntou-nos se queríamos desistir da viagem e seguiríamos para a ilha do Pico no dia seguinte… E que nos pagavam 250€ e dava para pagar as férias… Recusamos!! Apresentei novamente reclamação…
  • Com o desenrolar das reclamações, as poucas coisas que me diziam era que precisavam das referências das passagens. Enviei… mais uma espera… Com tudo isto, as respostas não chegavam e apresentei nova reclamação (a 3ª reclamação!!), pela falta de resposta das outras duas!
  • Como resultado ou não… a primeira resposta: Dezembro de 2017. A segunda em Fevereiro de 2018 e a última, apenas em Maio de 2018… Respostas estas, apenas com pedidos de desculpa e que tentam manter um serviço de excelência…

 

É lamentável que nós, Açorianos, continuemos a sustentar esta companhia! Uma companhia que tem prejuízos como nunca se tinha visto, que aumentou despesas com pessoal em vários milhões de euros…

E, depois, celebridades como o cantor Nelson Rosado, que, vindo aos Açores e tendo uma experiência como esta, certamente irá passar a palavra de um péssimo trabalho da companhia açoriana! E isto é muito mau para a região… mas dou toda a razão, porque é vergonhoso isto acontecer quando se quer receber bem quem nos visita! E com um trabalho deste, vão pensar duas vezes se vão voltar cá com esta companhia…

Felizmente, temos as low-costs, para podermos fugir ao amadorismo e desinteresse por um serviço de excelência da companhia SATA.

 

Fonte:

Sapo.pt

Nelson Rosado – Facebook

 

 

Written by Nuno França - Photography

10 de Agosto de 2018 at 07:55