Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘Política / Politics

E vai assim o nosso Portugal…

leave a comment »

Quem extinguiu os guardas florestais?

leave a comment »

As aprovações dos governos…

socrates

A Sapo tem agora aquilo a que chama “Polígrafo” para avaliar a veracidade ou não de notícias que surgem na Internet.

Esta está confirmada como verdadeira… e está a ser viral na Internet.

The Voice Portugal – 2018

with one comment

Olá a todos!

Terminou no Domingo a edição 2018 do programa dedicado à Música: The Voice Portugal

the-voice-portugal-2018-finalistas

Acabou esta edição, que foi a pior edição do programa (pelo menos das edições que acompanhei nos últimos anos)! E digo pior edição não pelos concorrentes que passaram, mas pelas situações que se passaram no programa… e que culminaram com a final de Domingo, escandalosamente política, com um resultado previsível dado aquilo que se viu durante o programa todo! Ora, passo a explicar:

  • A ida da jovem Marvi (de Timor-Leste) para a equipa da Marisa Liz e toda a “menina especial” mencionada pelos mentores do programa, dado ter vindo de Timor-Leste;
  • A ida de Xanana Gusmão (antigo presidente de Timor-Leste) ao programa da RTP-1, levou muita gente a criticar e a julgar uma passagem da jovem à próxima fase por questões políticas;
  • Marisa Liz (artista que admiro muito), escolher a Diana para ir à final e depois verificar-se o ponto abaixo;
  • A alteração de regras, de 2017 para 2018, que permitia a ida à final de 5 finalistas (com 4 mentores apenas), permitiu à jovem Marvi, de Timor, a ida à “repescagem” e, por conseguinte, a ida à final;
  • Os outros mentores raramente falaram na qualidade técnica da Marvi, referindo apenas o facto de ser uma “menina especial”, de um país que passou por muitas dificuldades e que tinha muito valor por estar ali, longe da família… e, Marisa Liz, falava sempre do facto de ela ser especial e fazia da jovem uma deusa. Ela nem sequer sabia falar português em condições! Se aparecesse algum concorrente que não soubesse falar/pronunciar bem o Inglês (por exemplo), certamente seria excluído por esta razão… A Marvi não, pronunciava mal algumas palavras, penso até que se esqueceu de uma parte de uma canção… mas nunca foi criticada por isso. Aliás, desculparam-na sempre pelo facto de ser… de Timor-Leste;
  • Marisa Liz tanto elogiou e comparou a Diana Castro à sua imagem pelo sofrimento de seguir o seu sonho com família de dois rebentos pequenos, mas depois, aparece esta tal regra que mencionei acima…;
  • Sondagens que, se já há algum tempo duvidava que existissem, nesta edição acho que confirmei a minha ideia: não acredito que o voto do público conte para alguma coisa;
  • A Aurea, que tanto admiro como artista, foi também uma mentora que, infelizmente, desde o início, me surpreendeu pela negativa, pois demonstrou várias vezes ter preferências claras por alguns concorrentes… pondo de parte alguns com potencial superior… mas prefiro não me alongar neste sentido. Ainda assim, acho que a concorrente que chegou à final (Soraia Cardoso) foi uma justa finalista, dados os elogios da Aurea em termos do sentimento da concorrente ao cantar fado… muitas das vezes elogiada/considerada a melhor concorrente a cantar fado em todas as edições do The Voice. Mas por vários momentos, ficava na dúvida se ela ia dar prioridade máxima à concorrente;
  • Mickael Carreira e o Anselmo Ralph, este ano, surpreenderam-me ao serem mais imparciais ao escolherem, de facto, quais os melhores artistas para a ida à final!! Carreira, com o Gonçalo Lopes, com uma presença enorme em palco e uma belíssima voz… e, Ralph, com a Vânia Dilac, que vive aqui na minha ilha, São Miguel… e merecia, de longe, um resultado melhor do que aquele de ontem… um 4º lugar.

 

Com tudo isto, não quero dizer que estou contra a participação da Marvi… acho que todos têm direito, tal como o Leo (emigrante em França), ou Anna Ermakova (russa, a viver em Portugal)… não é isto que está em questão.

Estou sim, insatisfeito pela forma como as coisas decorreram durante o programa todo. A forma como a Marvi foi levada até à final, com poucos elogios e mais referências às dificuldades no país da jovem.

Vânia Dilac: tremendamente elogiada ao longo do programa todo e conhecendo o talento desta mulher, por já a ter visto em grandes espectáculos aqui em São Miguel… levando mesmo a pensar que os resultados do “público” não existiram neste programa!

Diana Castro: também com uma qualidade enorme, mas também foi surpreendida por este resultado, quando esteve sempre na frente das “sondagens”.

Para mim, esta final devia ter sido decidida justamente entre as duas mulheres acima mencionadas… E com a Soraia Cardoso ali à luta no 3º lugar.

Vejam abaixo os 5 finalistas e digam-me a vossa opinião…

5 finalistas

Outros lugares onde se menciona a polémica do programa de 2018:

Vitória contestada pelos espectadores

Alguém deve ter pago

 

The Voice Portugal: Nunca mais!

Comece a semana a rir

with one comment

Esta semana, nem sei bem se deve ser para começar a rir ou não…

 

É isto… e não passa disto!

with 4 comments

A deputada do Partido Socialista Isabel Moreira foi “apanhada” a pintar as unhas durante o debate do Orçamento do Estado que, esta segunda-feira, teve lugar no Parlamento. A imagem insólita foi captada por um repórter fotográfico da Reuters.  

img_757x4982018_10_29_18_40_31_792530

Reuters – Rafael Marchante

 

Fonte:

CMJornal

Ionline

Samsofy – Brasil vs. Banksy

with 2 comments

Os resultados das eleições no Brasil foi o que se adivinhava há algum tempo… Jair Bolsonaro foi eleito presidente.

Abaixo, um trabalho baseado na obra de Banksy, de um grande artista que sigo no instagram: Samsofy

Samsofy

Artiste/photographe/plasticien depuis 2007
french professional plastician artist 
Joby , Lume cube, Nissin ambassador

Pete Souza – o fotógrafo que luta contra Trump no instagram

leave a comment »

O antigo fotógrafo do Presidente Barack Obama, Pete Souza, muito activo no instagram na época em que o Obama esteve no activo, decidiu, após a vitória de Donald Trump, continuar a publicar as suas fotografias do antigo presidente. Começou uma forma de luta contra o presidente actual.

Colocou a outra conta como arquivo (fotografia abaixo foi na ilha Terceira, na base americana, Base das Lajes).

View this post on Instagram

For eight years, my boss has referred to me, I think with reverence, as the Azorean. Both sets of my grandparents were born in the Azores, Portuguese islands in the mid Atlantic. I think he thought it was cool since he had never met anyone from the Azores. Then it turns out that his political director in the second term, David Simas, and his Energy Secretary, Ernie Moniz, also had Azores roots. So it became even cooler that I was Azorean. This past November, it just so happened that Air Force One was refueling in the Azores as we traveled from Greece to Peru. The President, who usually doesn't disembark from the plane during refueling stops, told the Secret Service he was going to get off the plane to "take a picture with Pete." And then, because of the beautiful setting, we walked around the tarmac for 90 minutes. Thanks to my colleague Chuck Kennedy for snapping this photo. Disclosure: the wind was blowing my shirt open.

A post shared by Pete Souza (archived) (@petesouza44) on

E, de seguida, começou então de acordo com o que Trump ia fazendo, com uma segunda conta no instagram.

4132

The shot that started it all: Barack Obama talks on the phone in the Oval Office with Vladimir Putin about the situation in Ukraine in March 2014. When Trump moved into the office, he changed the curtains and Pete Souza tweeted this picture along with the message: ‘I like these drapes better than the gaudy new gold ones.’ Photograph: Pete Souza/The White House

 

O próprio Pete Souza (que é descendente de Açorianos – os avós emigraram dos Açores), deixou o testemunho no conhecido The Guardian.

Inauguration Day 2017 was an emotional day. I had spent eight years visually documenting President Barack Obama’s time in office as his chief official White House photographer, and I was exhausted. I looked forward to a break, but knew I’d miss interacting with him and my White House friends. 

At the time, I hoped Trump would surround himself with competent people, learn on the job and not lead us down a dangerous path. But his presidency has become a reality game show. He does not respect women, minorities or immigrants. To him, a critical news story is “fake news”.

Early in the first week of his presidency, I posted on my Instagram account an innocuous photograph I’d taken of Obama by the Resolute Desk. Underneath I wrote a snarky caption, saying: “I like these drapes better than the gaudy new gold ones” that had recently been installed. I was pissed off that Trump had been elected. I was also appalled by the curtains themselves: the redecorated Oval Office, with its emphasis on gold, made the White House look like his personal palace. In fact, it is the people’s house.

Passou então a fazer uma espécie de comparação com o que Trump andava a fazer nas primeiras semanas de presidência. Assim, publicava fotografias de Obama no mesmo período de presidência.

5616

Donald Trump tweets: ‘WITCH HUNT!’ on 27 February 2018. Pete Souza responds by tweeting this picture with the caption: ‘A different kind of witch hunt – Halloween 2010.’ Photograph: Pete Souza/The White House

“Pete is dropping shade with a comment on drapes.” What is shade? I wondered. During the next few days I posted more photographs of Obama taken during his presidency, using subtle captions that contrasted with something the new president had done. 

3240

Donald Trump tweets: ‘The real story is that President Obama did NOTHING after being informed in August about Russian meddling’ on 26 June 2017. Pete Souza responds by tweeting this picture with the caption: ‘On 5 September 2016, President Obama confronted Vladimir Putin about meddling in our election.’ Photograph: Pete Souza/The White House

Dozens of reporters asked to interview me. I turned them down. They did their stories anyway. A few wrote that I was “throwing shade” at the new president. Finally, I Googled “throwing shade” and discovered it’s a “subtle, sneering expression of contempt for or disgust with someone – sometimes verbal and sometimes not”. Yup, that’s what I was doing – throwing shade.

And I kept it up for the first 500 days of the new administration, and I plan to keep going. My comments are often humorous, and I’d even say they are more or less respectful. They are certainly more respectful than the tweets coming from Trump. I also try to make subtle comments with my Instagram posts without directly revealing what the current president has said or done.

32401

Donald Trump tweets: ‘We must keep “evil” out of our country!’ on 3 February 2017. Pete Souza responds by tweeting this picture with the caption: ‘President Obama shaking hands after his remarks in 2016 at the Islamic Society of Baltimore mosque and Al-Rahmah School in Baltimore, Maryland.’ Photograph: Pete Souza/The White House

 

E, abaixo, fiquem com algumas fotografias do instagram.

View this post on Instagram

Paparazzi. They're everywhere.

A post shared by Pete Souza (@petesouza) on

Neste fotografia abaixo, o tão famoso cão de Obama. Na altura em que foi para a White House, as filhas do Presidente eram pequenas, como tal, ele queria uma raça canina que fosse calma para poder conviver com as crianças. Assim, a escolha recaiu no Cão de Água Português.

 

Fiquem com muitas mais fotografias de Pete Souza nas duas contas oficiais do fotógrafo!

Vale a pena!
😀

 

Fontes:

The Guardian

Wikipedia

Pete Souza – instagram (oficial)

Pete Souza – instagram (arquivo)