Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘michael schumacher

Mick Schumacher: campeão da F3

leave a comment »

Mick Schumacher, filho do hepta-campeão Michael Schumacher, conseguiu este fim-de-semana tornar-se campeão europeu de Fórmula 3.

eurof3-spa-francorchamps-2018

É o nascer de um novo campeão! O futuro o dirá! 😀

 

Anúncios

Schumacher out of coma, leaves hospital

with 2 comments

Michael Schumacher, who suffered serious head injuries in a skiing accident last December, is no longer in a coma, according to his management.

Furthermore, the seven-time world champion has now left Grenoble’s University Hospital in France to ‘continue his long phase of rehabilitation’.

“His family would like to explicitly thank all his treating doctors, nurses and therapists in Grenoble as well as the first aiders at the place of the accident, who did an excellent job in those first months,” read a statement.

“The family also wishes to thank all the people who have sent Michael all the many good wishes to Michael. We are sure it helped him.”

Schumacher, 45, was placed in an induced coma after falling and hitting his head on a rock during a family ski trip. The German’s medical team began reducing his sedation at the end of January.

“For the future we ask for understanding that his further rehabilitation will take place away from the public eye,” concluded Monday’s statement.

Written by Nuno França - Photography

16 de Junho de 2014 at 10:24

Michael Schumacher no hospital devido a queda de esqui

with one comment

Written by Nuno França - Photography

30 de Dezembro de 2013 at 10:56

O Magnífico número 7: Michael Schumacher

leave a comment »

Encontrei este artigo no site oficial da Mercedes AMG Petronas, onde esteve Michael Schumacher nas últimas 3 épocas.

São factos curiosos, acerca do número favorito de Schumacher. A começar, pelo pormenor de Schumacher, sempre que esteve na Fórmula 1 (por superstição) escolher sempre os números ímpares para os seus carros. A título de exemplo, Schumacher terminou a época de 2011 em 8º lugar no campeonato (e o colega de equipa Nico Rosberg em 7º lugar)… Ora, ditam as “regras” que o número do carro de cada piloto é o número da classificação anterior… Neste caso, Schumacher, por preferir os números ímpares, ficou em 2012 com o número 7!

Agora, segue abaixo o texto da Mercedes AMG Petronas:

“Number rules the universe” once said the great mathematician Pythagoras… And when looking closely at Michael’s career through a “mathematical prism”, something quite uncanny starts to appear: the importance of the number 7.

The 2012 season for one, Michael’s last with the team and in Formula One, provides a significant amount of examples: Michael, the 43 years old (4 + 3 = 77 times World Champion, racing in car number 7, scored a total of 49 (7×7) points.

 How did Michael score those points? 49% (7×7) of them were scored from his 7th places7 (all but 1) of his point finishes were non-podium finishes. Michael also sadly faced 7 retirements, before finishing up on the high, crossing the line in his W03, number 7, in 7th place for his final race in Sao Paulo…

 His “previous” career would also prove to be a goldmine for any “mathematical fact geek”: Michael still holds the record for most consecutive wins in a season, from 2004 with… 7 wins. Same goes for “most wins at one circuit” record, with his 7 wins in Canada, or the “most wins as a season-runner up” record (7 in 2006.)

Strange isn’t it? It makes you wonder if Michael planned all of this, in the cockpit of his first race car, when at his very first race he qualified… in 7th place.

Dá que pensar!!! 🙂

E, só por acaso, hoje é dia 7 de Dezembro!

Written by Nuno França - Photography

7 de Dezembro de 2012 at 10:33

Lewis Hamilton sai da McLaren

leave a comment »

O piloto britânico Lewis Hamilton vai abandonar a McLaren, anunciou esta Sexta-feira a escuderia, que já contratou para a próxima temporada o mexicano Sergio Perez, da Sauber.

Lewis Hamilton

«É totalmente apropriado que aproveite para agradecer a Lewis [Hamilton]. Ele escreveu um grande capítulo da sua carreira connosco e foi, e será sempre, um membro exclusivo dos campeões mundiais da McLaren», escreveu o principal responsável pela escuderia, Martin Whitmarsh, na nota que noticiou a contratação de Perez.

Sergio Perez

Hamilton, que estará a caminho da Mercedes, estreou-se na Fórmula 1 precisamente ao volante de um McLaren, em 2008, ano em que se sagrou campeão mundial.

Nesta temporada, o britânico já venceu três grandes prémios (Canadá, Hungria e Itália), mas atrasou-se na corrida a novo título mundial com a desistência no último fim-de-semana no Grande Prémio de Singapura, 14.ª prova da época.

Quando faltam seis corridas para o final do Mundial, o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) lidera a classificação, com 194 pontos, mais 52 que Hamilton, que segue agora no quarto posto.

Segundo a imprensa alemã, Lewis Hamilton ocupará a vaga deixada pelo veterano germânico Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial e que estará de saída da Mercedes.

Written by Nuno França - Photography

28 de Setembro de 2012 at 09:57

Michael Schumacher de volta ao pódio!

leave a comment »

A Fórmula 1 em 2012 está imprevisível!

Porquê? 7 corridas (sem contar com a de hoje), 7 vencedores diferentes!

Os pneus da marca Pirelli deixaram a F1 competitiva e imprevisível!

Hoje aconteceu de tudo:

– Vettel partiu da pole; dominou a corrida até à entrada do safety-car. Estava com pequenos problemas, mas a redução do ritmo da corrida aquando da entrada, Vettel abandonou com problemas no carro;

– Alonso partiu de 11º, acabou por ganhar a corrida, aproveitando assim a boa estratégia na mudança dos pneus e do abandono de Vettel;

– Schumacher partiu de 12º, terminou em 3º lugar!! O primeiro pódio desde o GP da China de 2006 (ou seja, a primeira ida ao pódio, numa corrida, desde o seu regresso, em 2010).

– Grosjean estava a fazer uma grande corrida… desistiu na volta 40;

– Hamilton estava a fazer uma bela corrida, mas um desentendimento (na penúltima volta) com Maldonado (mais um excesso deste último) provocou o abandono de Hamilton, sendo que Maldonado acabou por terminar em 12º. Estavam em 3 e 4ºs lugares, respectivamente. Na curva número 13.

Com isto tudo, Raikkonen (que regressou à F1 depois de ter estado pelo WRC) terminou em 2º e Schumacher completou o pódio!

Schumacher optou por uma boa estratégia, nas últimas voltas tinha pneus novos e isto foi fundamental para terminar à frente de pilotos como Button e Webber.

Felicíssimo que fiquei com este grande resultado, que até “esqueci” que Alonso venceu a prova…

Nunca me lembro de tamanha felicidade e nervosismo com este final de corrida.

Um fim-de-semana perfeito! 😀

Já tinha saudades de ver este senhor no pódio!

Com isto, mais um pódio para juntar aos mundos e torna-se assim o piloto mais velho a chegar ao pódio, coisa que não acontecia desde 1960.

Written by Nuno França - Photography

24 de Junho de 2012 at 23:04

Resposta à Schumacher!

leave a comment »

Schumacher foi criticado pela “fraca” época após uma paragem de 3 anos na Fórmula 1.

Desta vez respondeu e bem, muito bem:

 

“Acho que tenho o direito de fazer o que gosto.”

 

“Sinto-me confortável com a minha decisão de ter regressado, e sempre recebi muito apoio das pessoas. Não penso que tenha colocado a minha reputação em jogo. Como é lógico, pretendia ter feito um bom regresso, mas isso não sucedeu. De qualquer forma a minha vontade de vencer não diminuiu, e só fico feliz se puder estar em pista com uma equipa vencedora. É nisto que trabalho, e este o intuito da minha paixão pela F1.”


 

Já o senhor Alain Prost afirmou também:

“Para mim é difícil, quase impossível, voltar à luta pelo título depois de três anos de ausência das pistas. Contudo, acredito que se há um piloto que pode ser capaz de fazer isso, penso que é o Michael.”, referiu Prost.

 

É mais do que lógico! A Fórmula 1 é um desporto que está em CONSTANTE evolução. Um único dia é quase que o surgir de uma novidade. Schumacher esteve 3 anos fora (mas a acompanhar a F-1 de fora, não é a mesma coisa). E, sobretudo, se não nos sentarmos dentro do carro, certamente que a diferença vai ser enorme.

No final desta época já se notou maior competitividade de Michael, a par com a habituação ao carro (que, como era sabido, não estava construído especificamente para o estilo de condução dele).

 

 

Fonte:

Autosport

Written by Nuno França - Photography

14 de Dezembro de 2010 at 00:15