Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘fox

Wayward Pines (review)

leave a comment »

Olá a todos!

Hoje estou de regresso aos reviews de filmes e séries. Neste caso, provavelmente será mais de séries pois estas chegaram a um patamar de qualidade, na minha opinião, mais alto que o cinema!

E começo com uma série entusiasmante: Wayward Pines

6682876-wayward-pines-wallpapers

A história começa com o agente secreto Ethan Burke (Matt Dillona ser enviado para uma missão à procura de 2 agentes desaparecidos. Para tal, é enviado, precisamente para Wayward Pines, Idaho!

Chegado ao local, as coisas tornam-se confusas para a personagem, para quem está a ver no sofá. Assim que entra na cidade é visto como uma pessoa estranha e cuja principal abordagem é de que ninguém sai de lá com vida! A cidade está rodeada por uma muralha armadilhada com alta tensão e os avisos são sérios. Não há ligações possíveis com o exterior. Logo aí, ficamos: Mas o que se está a passar?!

Decorrido o episódio, em que reencontra a família, tudo fica mais confuso! Ficamos com o “bichinho” (vontade) para ver o que virá no próximo episódio! É incrível!

Sensivelmente durante grande parte da temporada ficamos com a pergunta:

Por que raio não se pode sair da cidade? O que há lá fora?!

Vão ficar surpreendidos!!!

Há muito tempo que não via uma série (a par desta, só mesmo Fringe) que me deixasse neste estado. Acabar o episódio e pensar: Vou ter de esperar uma semana pelo próximo episódio!!!

Assim foi, até ao final da 1ª temporada, foi angustiante esperar pelo episódio seguinte e seguinte…

Até que, mais tarde, num período em que aguardava pela segunda temporada, decidi rever a 1ª de fio a pavio! E mais cativante que isto, foi ter tido companhia da minha cara-metade que também ficou a gostar imenso da série!

Chegada a 2ª temporada, novos dramas, novas personagens! Já com o mistério desvendado, resta saber como se vai resolver a situação!

Como não vos vou dar spoilers, apenas digo que é uma série de enorme qualidade!

Merece ser vista e revista!

A minha pontuação: 9/10

 

Foto(s) do dia

with one comment

 

Fantastic Mr. Fox

Photograph by Mitch Adolph, National Geographic Your Shot

A red fox meanders through dunes along the New Jersey shore in this picture by Your Shot member Mitch Adolph. “When it got to the top of this dune, I got down on my knees to get a lower point of view and bring the cloudy sky into the background,” he writes. “As the fox looked back, I got this shot.”

 

 

Ensinamentos (4)

Há 31 530 000 segundos num ano. Mil milissegundos num segundo. Um milhão de microssegundos. Mil milhões de nanossegundos.
A única constante que liga nanossegundos a anos é a mudança.
O universo, do átomo à galáxia, está num estado de fluxo permanente, mas os seres humanos não gostam da mudança. Resistimos-lhe. Assusta-nos. Então, criamos a ilusão de estabilidade. Queremos acreditar num mundo imutável, o mundo do presente. No entanto, o nosso grande paradoxo mantém-se. Mal apreciamos o presente… esse presente desaparece. Agarramo-nos a vislumbres. Mas a vida são imagens em movimento. Cada nanossegundo é diferente do anterior. O tempo obriga-nos a crescer… a adaptar-nos, porque, sempre que piscamos os olhos, o mundo move-se debaixo dos nossos pés.

A cada dia, a cada momento, a cada nanossegundo, o mundo muda. Os electrões colidem… e reagem. As pessoas chocam e alteram o caminho umas das outras. Mudar não é fácil. Normalmente é doloroso e difícil. Mas talvez isso seja positivo… porque é a mudança que nos fortalece… nos mantém resistentes… e nos ensina a evoluir.

Touch, episódio 12.

Written by Nuno França

7 de Junho de 2012 at 11:00

“Touch”, T01, E09, um episódio especial!

with 2 comments

Está série não pára de me surpreender! Todas as semanas histórias interessantíssimas, cada uma delas com a sua dose de emoção.

Tal prova, está nos 3 artigos (4º com este) em que falo sobre a série…

Touch

Ensinamentos…

Ensinamentos (2)

O miúdo (David Mazouz), que desempenha um papel fantástico (sem dizer uma única palavra)… a par do pai, representado por Kiefer Sutherland.

Mas hoje o assunto diz respeito ao episódio 9, da temporada 1, que está a passar na FOXPT.

Como é sabido (para quem já viu a série), reúnem-se as mais diversas culturas em cada episódio. Vão buscar personagens ao Iraque, Japão, China… entre outras. Hoje, vieram buscar personagens que falam Português… Mas o orgulho maior, foi ter um actor Açoriano: Louis Ferreira (à letra, como está no IMDb)

Luís Ferreira, nasceu na ilha Terceira, mas cresceu no Canadá (Ontário). Mais… foi considerado substituto para Johnny Depp (imaginem só) em Anjos da Lei, até ser considerado muito novo para o fazer.

Tem um currículo vasto:

24 Horas

CSI

CSI Miami

Mentes Criminosas

NCSI

Posso até acrescentar que já conseguiu prémios:

Entre muitas outras participações. Começou em 1986.

Até tem um clube de fãs.

 

Portanto, em particular para os Açorianos, façam o favor de ver este episódio. Vale mesmo a pena!

E, já agora, a série, que é muito boa!

Written by Nuno França

15 de Maio de 2012 at 22:58

Homens a voar nos céus de Nova Iorque

with one comment

Imagina que está em Nova Iorque e, de repente, olha para o céu e vê seres humanos a voar… SIM, a voar!

Aconteceu… sobre o rio Hudson!

… com bonecos!

O vídeo, que já foi visto quase cinco milhões de vezes no YouTube é uma campanha da agência Thinkmodo para o filme «Chronicle», da Fox. Na película, três adolescentes ganham superpoderes, incluindo a capacidade de voar.

Para criar o efeito, a agência usou três aviões com forma humana controlados por rádio.

The Firefly – Fringe… um fascínio!

leave a comment »

Terça-feira é dia de Fringe!

E hoje, saiu na FOX PT o episódio 10, da temporada 3.

Genial!

Estes criadores desta série, não tenho palavras para descrever…

Arrisco em dizer que este foi o meu favorito desta 3ª temporada (coisa que não costumo fazer, porque são todos muitíssimo bons, desde a T1).

E fica aqui uma das partes que mais me fascinaram neste episódio:

“There are things that I know. But there are things that I do not. Various possible futures are happening simultaneously. I can tell you all of them, but I cannot tell you Which one of them will come to pass. Because every action causes ripples, consequences both obvious and unforeseen. For instance, after I pulled you and Peter from the icy lake. Later that summer, Peter caught a firefly. I could not have known he would do that or that because he did, a young girl three miles away would not. And so, later that night, she would continue looking, trying to find another one. I could not have known that when she did not come home, her father would go out looking for her, driving in the rain, so that when the traffic light turned red, his truck skidded through the intersection at Harvard Yard, killing a pedestrian. You and I have interfered with the natural course of events. We have upset the balance in ways I could not have predicted, which is why now I need your help.” – The Observer (to Walter, sharing some insight and perspective while maneuvering Walter into a desired course of action)

 

Num episódio com tantas ligações passado/presente/futuro, nada como irem buscar o senhor, conhecido pelos filmes de “Regresso ao futuro”, Christopher Lloyd.

Portanto, para mim, toda esta série faz um sentido do caraças, que nem tenho palavras.

 

 

Fonte:

Fringepedia

Written by Nuno França

8 de Novembro de 2011 at 23:31

Fim do Dr. House ou birra do actor?

leave a comment »

Já não é a primeira vez que leio um rumor sobre o possível abandono do Dr. House (representado pelo actor Hugh Laurie) e, desta vez, acabo por encontrar mais um, com a mesma desculpa.

Sim, compreendo que seja um papel cansativo, estar há vários anos a forçar o papel, como sendo manco e tal… e mal-humorado, mas muito inteligente… mas, se já se sente desconfortável há algum tempo, por que não desistir de uma vez só?!

Pois é… o dinheiro fala mais alto, certamente.

«Nunca pensei que isto durasse sete anos. Estou cansado de me levantar às 4 horas da manhã. Há dias piores do que outros», confessou Hugh Laurie numa entrevista.

O actor admitiu, ainda, que o facto de a sua personagem coxear lhe está a causar graves problemas de saúde: «Estou a ficar sem joelhos»

A série alterou por completo a vida do actor, que vive desde 2003 nos EUA, sem a sua família, que ficou em Inglaterra.

«Não me passou pela cabeça viver em Los Angeles, enquanto os meus filhos cresciam em Inglaterra, mas aqui estou eu», desabafou Hugh Laurie, visivelmente desgostoso.

Para além de tudo isto, consta que Hugh Laurie pretende abraçar um novo desafio no mundo da música.

O actor quer dedicar-se de corpo e alma ao disco que lançou recentemente, intitulado «Let Them Talk».

Fonte:

Sapo TV

Written by Nuno França

23 de Maio de 2011 at 19:12

Megan Fox quer um cromo…

with 7 comments

Pois é, esta menina (sim, menina porque é mais nova que eu), quer namorar com um cromo!

A modelo/actriz Megan Fox afirmou recentemente, na sequência do final do seu noivado com Brian Austin Green, que quer que o seu próximo namorado seja um cromo, isto porque, segundo a actriz, estes sabem apreciar melhor aquilo que a actriz faz.

Podem ler o resto aqui.

Concorrentes?

Eu quero ser cromo!

Written by Nuno França

16 de Agosto de 2009 at 12:55