Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘flores

Aterrar nos Açores

leave a comment »

Este post prova que nos Açores não é fácil ser-se piloto de aviação comercial.

As nossas ilhas estão no meio do Atlântico, muitas das vezes com ventos cruzados com rajadas fortíssimas.

O 1º de Dezembro foi pródigo no que diz respeito às aterragens em LPFL, e o Spotting a Ocidente esteve lá para as registar.

   Com ventos de rajada  na ordem dos 30 nós, cerca de 55 km/h, os pilotos da SATA provaram de que fibra são feitos.

  As duas aterragens do Q200 e uma do Q400, demonstram bem o quão difícil é voar nestas ilhas de bruma.

Fonte:

Spotting a Ocidente

Anúncios

North Atlantic

leave a comment »

maxresdefault

Written by Nuno França - Photography

17 de Setembro de 2016 at 14:24

Fotografia sem máquinas fotográficas?! Sim, é possível!

with one comment

Ao ler esta notícia fiquei a pensar: “Epa, será mesmo que será possível fazer isto?! Não vejo outra forma!”

479431.gif

A técnica permite a captação de imagens através da exposição dos objectos em alta voltagem eléctrica e os resultados são surpreendentes.

Para tal, o fotógrafo posiciona as plantas em cima de uma mesa transparente em que por cima é colocada uma estrutura metálica com o rolo e a emulsão fotográfica.

Num quarto escuro, a mesa é ligada à electricidade e são enviados cerca de 80 mil volts para as plantas e flores. Nascem, assim, as “bioelectrografias”, como pode ser chamada a técnica. A imagem é captada com a passagem de um cabo de fibra óptica repetidamente sobre a planta.

Aqui a notícia.

E aqui podem visitar o site do fotógrafo: Robert Buelteman

 

PS:

Julgo já ter colocado este post por aqui, mas aqui fica novamente. 😛

Inter-ilhas – O mesmo de sempre

with 3 comments

Todos os anos a mesma história.

Já enjoa!

A operação de transporte marítimo entre as ilhas açorianas arranca quarta-feira, como previsto, mas sem o barco novo que o governo regional pretendia estrear, que se «afundou» num diferendo com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo.

Algo não está a funcionar como deve ser:

– Ou os estaleiros são realmente uma grande treta;

– Ou o Governo Regional está cego, surdo e mudo em relação a este assunto, visto não acertar uma única vez, dado que todos os anos surge o mesmo problema.


Desde sábado, o Expresso Santorini, que os açorianos conhecem de anos anteriores, está atracado no Porto de Ponta Delgada à espera do dia da largada, não deixando qualquer dúvida sobre qual o navio que vai iniciar a operação na quarta-feira.

Pois venha o Expresso Santorini… que não é mau de todo. Logo que não vá ao fundo… desenrasca. 🙂

A única coisa que me irrita profundamente neste barco é a tripulação do barco: de nacionalidade grega

As pessoas que estão a ajudar os passageiros a estacionar parecem ser animais selvagens, sem um pingo de educação, absolutamente ZERO.

E mais… passei pela situação o ano passado em que um dos homens “disse” (gesticulou, pura e simplesmente) para eu fazer a marcha-atrás, tendo ainda resmungado por ter feito aquilo que ele próprio mandou fazer.

O Expresso Santorini é um navio com mais de 117 metros de comprimento, capaz de transportar 650 passageiros e 120 viaturas, a uma velocidade máxima de 19,5 nós.

Por esclarecer está ainda qual será o segundo navio desta frota, que deverá iniciar a operação a 15 de Junho, adiantando apenas as autoridades açorianas que existem várias hipóteses em negociações.

Para este ano, a Atlântico Line espera transportar cerca de 85 mil passageiros e 14 mil viaturas até finais de Setembro, valores que, se vierem a ser atingidos, representam um crescimento relativamente ao ano passado, quando foram transportadas quase 82 mil pessoas e 11 mil viaturas.

A ver vamos como é que vai ser o final desta história…

Fontes:

Diário Digital (1)

Diário Digital (2)