Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘estudo

Qual a melhor forma de espirrar?

leave a comment »

It’s normal to sneeze: It’s the body’s natural reflex to an invader—whether pollen, cat hair or a virus that leads to the common cold—in your nose linings. No matter the cause, your sneeze spread germs, and it’s best to catch them the correct way to prevent spreading illness. We here in the depths of the Texas A&M University Health Science Center newsroom test out the best way to catch a sneeze.

Um estudo feito em laboratório provou que a melhor forma de espirrar é…

Surpreendam-se!!

20140113_124858

maxresdefault-2

 

Fonte:

Mood Sapo

YouTube

 

Bolachas Oreo = Cocaína!

leave a comment »

Investigadores testaram o comportamento de ratazanas de laboratório perante bolachas Oreo e compararam-no com aquele que os animais demonstraram perante cocaína. Os investigadores chegaram à conclusão que as bolachas viciam tanto como a droga.

oreo1

O principal objetivo de Jamie Honohan, estudante no Connecticut College, nos Estados Unidos, era estudar a potencial predominância de alimentos com elevado índices de gordura e açúcar nos bairros norte-americanos mais pobres, e o factor viciante daqueles, o que poderia ajudar a explicar o aumento da taxa de obesidade no país.

Para comprovar isto, a equipa escolheu as bolachas Oreo – a bolacha preferida da América- porque os produtos com elevados níveis de gordura e açúcar têm um grande peso de mercado nos estratos socioeconómicos mais baixos, segundo afirma Jamie Honohan.

No estudo, quando as ratazanas se dirigiam às Oreo, começavam sempre por as abrir e comer, em primeiro lugar, o recheio. Só depois alimentavam-se da bolacha propriamente dita.
Os cientistas fizeram um labirinto: de um lado as ratazanas encontravam as Oreo e, do outro, os menos calóricos bolos de arroz.
Joseph Schroeder compararam os resultados com aqueles obtidos numa experiência com o mesmo esquema, em que, em vez de Oreo e bolos de arroz, de um lado do labirinto era administrado às ratazanas cocaína e morfina e, do outro, salina. Neste teste, as cobaias tinham passado tanto tempo no lado da cocaína e da morfina como passaram no lado das Oreo, o que traduz o cariz viciante das bolachas.
Com a investigação, a equipa descobriu que as Oreo activam significativamente mais neurónios do que a cocaína e a morfina. “Ainda que nós associemos o consumo de droga, como cocaína e morfina, a prejuízos muito grandes para a saúde, alimentos com elevados níveis de gordura e açúcar podem representar um maior perigo ainda, por causa da sua acessibilidade”, conclui Jamie Honohan.

Os peixes ouvem música e apreciam Bach

with one comment

Segundo um novo estudo, os peixinhos-dourados não só gostam de ouvir música mas conseguem inclusive distinguir compositores.

O trabalho vem adicionar provas à teoria de que muitos animais de diferentes espécies compreendem a música.

O autor do estudo, Kazutaka Shinozuka da Universidade de Keio, conversou com a Discovery News e afirmou que “os peixes-dourados detetam propriedades complexas do som, tal como pitch e o timbre”.

Para esta investigação, publicada no jornal cientifico “Behavioural Processes”, Shinozuka e os seus colegas,  Haruka Ono e Shigeru Watanabe, tocaram duas peças de música clássica perto do aquário dos peixes. As peças escolhidas foram Tocatta e Fugue em D menor  de Johann Sebastian Bach e The Rite of Spring por Igor Stravinsky.

Os cientistas treinaram os peixes para mordiscar uma pequena conta presa  a um filamento dentro de água. Metade dos peixes foram treinados com comida para mordiscar quando ouviam Bach e a outra metade quando passasse a música de Stravinsky. Os peixes passaram no teste, distinguido com facilidade os dois compositores e recebendo uma barriga cheia de comida no processo.

Os peixes estavam mais interessados na comida do que propriamente na música, mas estudos anteriores realizados em pombos e outras aves sugerem que Bach é a escolha de eleição, pelo menos para estas aves.

“Estas peças podem ser consideradas como música clássica (Bach) e contemporânea (Stravinsky). Demonstramos antes que os Calafates (éspecie de ave) preferem música clássica em detrimento da moderna. “, explicou Shinozuka.

Written by Nuno França - Photography

9 de Setembro de 2013 at 19:26

Dormir vs. Internet

leave a comment »

 

 

Gosto de Internet, é indispensável nos dias de hoje… mas trocar a minha cama por uma noite de sono?
Não, obrigado!

Malas de mulheres piores do que sanitas

with 3 comments

Uma em cada cinco malas das mulheres contém mais bactérias do que uma sanita. Os investigadores britânicos da Initial Washroom Hygiene levaram a cabo um estudo que concluiu que as malas utilizadas diariamente pelas mulheres representam um perigo para a saúde.

O artigo publicado no site especializado Medical News Today revela que nem uma sanita tem tantas bactérias como as malas.

“As malas entram em contacto regular com as nossas mãos, de modo que o risco de diferentes germes se transmitirem é muito alto, especialmente porque é raro as mulheres limparem ou lavarem as malas”, explicou Peter Barrat, gerente técnico da empresa Initial Washroom Hygiene.

Os especialistas adiantam também que as malas de couro são as que contêm níveis mais elevados de bactérias porque o tecido macio actua como um terreno fértil para germes. Mas as conclusões não ficam por aqui e o estudo garante ainda que o creme para as mãos, que grande parte das mulheres carrega consig,o é o objecto que mais bactérias acumula dentro da mala.

Para contornar este problema e impedir uma invasão de bactérias, os especialistas aconselham as mulheres a terem consigo toalhitas ou gel anti-bacterianos para limpar as mãos e, claro a mala. Outro conselho prende-se com a arrumação: os investigadores garantem que ter uma bolsinha para os produtos de maquilhagem e outra para os cremes é meio caminho andado para uma mala limpa e livre de bactérias.

Written by Nuno França - Photography

21 de Maio de 2013 at 14:13

Mau feitio é bom!

with 2 comments

 

 

Ter mau feito é bom, muito bom! Eu tenho… e não tenho problemas em dizê-lo.

 

 

Imagem retirada daqui.

Written by Nuno França - Photography

7 de Fevereiro de 2013 at 17:00

Qual a tua pegada digital?

leave a comment »

(podem ver aqui o que é a Geração Y… e, provavelmente, vão chegar à conclusão de que fazem parte da mesma)

A Cisco lançou um teste na sua página de Internet para calcularmos as nossas Pegadas Digitais. Assim, seguindo para este link, podem responder às perguntas e, no final, consultar o resultado.

Quantos vídeos carrega semanalmente no YouTube? E quantos amigos tem nas Redes Sociais? Quantos dispositivos tem ligados em casa? São algumas das perguntas que nos fazem…

pegada