Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘compras

Açambarcamento – cuidado, nem toda a gente sabe o que é!

leave a comment »

O nosso Governo e meios de comunicação social têm de ter cuidado com os termos que utilizam…

Um termo “novo” para muita gente (Açambarcamento) – eu próprio, desconhecia o termo – está a ser mencionado após ter sido declarado Estado de Emergência em Portugal… Acontece que, muita gente em Portugal não sabe o seu significado… E, tal como tudo o que tem que ver com lei, gostam muito de utilizar palavras caras, quando, na verdade, deviam facilitar a vida a muita gente para mais fácil entendermos as leis.

Açambarcamento significa tomar posso de tudo o que nos aparecer pela frente, que é, nada mais nada menos, que aquilo que muitos portugueses andam a fazer nos supermercados: comprar rolos e rolos de papel higiénico, latas de atum aos quilos… etc!

E, segundo a lei, isto é crime! E, agora, com este Estado de Emergência, vão estar em cima disto!

E, não é por acaso que a palavra é, neste momento, a palavra mais consultada no Priberam – Dicionário de Língua Portuguesa.

 

Fontes:

Imagem – A Bola.pt

Priberam

Black Friday…

with 6 comments

Black Friday, hoje é um dia de malucos em muitos países ditos “civilizados”…

As grandes superfícies comerciais fazem as ditas “promoções” para deixar a população louca!

Acontece que, em muitos dos casos, é tudo menos Civilizado, daí as aspas ali em cima! E claro, acontece também que os descontos acabam também por ser (em muitos dos casos), puro engano… e os totós acabam por cair nas armadilhas… daí também as aspas no 2º parágrafo! Porquê?

screenshot_9-2

Vejam abaixo…

memesblack3

Por cá, a DECO continua a lançar uma ferramenta que permite verificar a variação de preços de um produto nos últimos meses, para percebermos se ele está de facto em promoção ou não.

Basta simplesmente seguirem o link acima, para a ferramenta da DECO e experimentar, por exemplo, os sites de lojas como Worten ou Rádio Popular (ou outras que tenham produtos em “promoção”) para perceberem se os artigos estão ou não com valores mais baixos do histórico.

Portanto, dá que pensar…

O que acham deste dia?

 

Tentativa de burla por MB WAY

leave a comment »

Para aqueles que têm utilizado no seu dia-a-dia o MB WAY como forma de pagamentos (através do telemóvel), saibam que é necessário ter um cuidado extra!

Há quem esteja a tentar burlar cidadãos para roubar dinheiro facilmente…

mbway

José, nome fictício do nossos visitantes e protagonista do sucedido, colocou um produto à venda no OLX por algumas centenas de euros. Poucas horas depois da publicação do anúncio já estava a ser alvo de uma tentativa de burla por SMS.

O diálogo começou com a troca normal de mensagens, questões sobre o produto, e assuntos relacionados. Contudo, José conta que, ao contrário do habitual, o “comprador” não demonstrou pressa em receber o produto anunciado – só mais tarde se encarregaria de o mandar levantar e transportar até Sines (onde diz morar). O que realmente demonstrou foi uma “estranha” pressa em pagar! A sua grande preocupação era pagar… situação sui generis neste tipo de transações “fora da vista”.

O pretenso comprador, depois de sondar o vendedor, o José, propunha-se a pagar utilizando o sistema MB WAY. Para isso pediu ao José que lhe enviasse os (seus) códigos do cartão! José rejeitou e insistiu que o pagamento fosse feito por transferência bancária.

Após fornecer-lhe o IBAN, o burlão diz-lhe que já realizou a transferência mas que, para que a mesma se efectivasse, José teria de ir ao Multibanco, inserir o cartão, e seleccionar a opção MB WAY/MB NET e introduzir os dados que se apressou a fornecer.

E que códigos eram esses? O seu nº telemóvel e um código que o próprio burlão indicou. Isto é, nem mais nem menos: usando o cartão de débito do José, queria ludibriar o mesmo a associar o telemóvel do burlão, com o código por ele escolhido!

Para não ter de esperar muito, o burlão informou que José tinha 30 minutos para ir ao Multibanco.

 

Armadilha armada… agora restava esperar pela presa!

Se José caísse na armadilha, o burlão teria a capacidade de tirar dinheiro da sua conta, dentro dos limites de segurança impostos pela entidade gestora (SIBS). Após desconfiar do que estava a acontecer, José tentou saber mais deste larápio… foram, segundo José, 64 mensagens trocadas e alguns dados recolhidos que serão enviados às autoridades competentes.

Fiquem atentos, partilhem a informação para aumentar o conhecimento de como (tão simplesmente) funcionam estas burlas. Obviamente que não devem fornecer qualquer tipo de dados a “estranhos”. Se já o fez, é melhor verificar os seus movimentos e informar a polícia.

 

Fonte:

PPLWARE