Paranóias

You will find everything here!

Posts Tagged ‘amor

Vídeo de homem paraplégico a dançar com a mulher torna-se viral

with 4 comments

Um momento lindíssimo!

casamentolindo

Fonte:

Sapo.pt

YouTube

Anúncios

Written by Nuno França - Photography

7 de Fevereiro de 2019 at 13:00

Extinguished

leave a comment »

“Extinguished” by Ashley Anderson and Jacob Mann
In a world where flames represent love, it’s easy to get your heart burned.

Created at Ringling College of Art and Design

https://www.facebook.com/ExtinguishedMovie/

Jacob Mann – jacobmannart.com – jmann@c.ringling.edu
Ashley Anderson – ashleyanderson.squarespace.com – aanderso@c.ringling.edu

maxresdefault3

 

Fontes:

Sonhos Desencontrados

Vimeo

Written by Nuno França - Photography

18 de Outubro de 2018 at 08:00

TSINTTY

with 25 comments

Eu ainda acredito no amor (para onde foi?)

with 2 comments

 

Uma crónica interessante que partilho convosco alguns excertos.

 

Eu acredito no amor. Considero-me uma dessas cabeças no ar, que ainda acreditam que haja amores que durem a vida toda. Eu acredito que o primeiro amor possa ser um amor para a vida.

 

Não é de hoje, nem é novo, que ouvimos sempre os mais adultos dizerem aos que, como eu, ainda sonham com o amor eterno, coisas como “isso não paga as contas”. A verdade é essa: o amor não põe comida na mesa, não erradica a fome no mundo, não é a cura de todos os males. Mas então, o que é, afinal?

O amor pode não encher a barriga, mas aquece-a. Pode não pagar as contas, mas ajuda a ter força para levantar, pela manhã, e ir trabalhar para as pagar.

(…)

 

Eu acredito em “um amor e uma cabana”. Ainda vivo na ilusão de que há primeiros amores que duram para sempre. Pessoas que se aturam e se suportam e se apoiam por uma vida inteira. Ainda acredito que haja quem queira lutar por esta utopia.

Mas, de novo, me dizem que eu “sou muito novinha” e que “um dia mais tarde vais pensar de forma diferente”… “Quando tiveres a nossa idade”… Não é triste? Que, com a idade, deixemos de acreditar no amor? Não é triste, viver sabendo que precisamos de mais do que aquele abraço, aquele beijo na testa? Não é triste que prefiramos ganhar o euromilhões a encontrar o amor da nossa vida?

 

(…)

 

Eu continuo a acreditar na força do amor. Se calhar, estou iludida, pois vivo ainda o meu primeiro amor e espero que ele seja para a vida. Posto isto, sei que vou ouvir muitas mais vezes que “um dia irás mudar de perspectiva… quando cresceres”. E, se assim for, lamentar-me-ei por ter perdido a esperança no amor.

 

Por enquanto, de estômago vazio mas de coração cheio, eu assumo que acredito na força do amor, dos primeiros amores, de viver com o coração nas mãos. Não deixemos que isso se perca, no futuro.

 

Para lerem tudo, cliquem aqui.

 

E aqui, o blogue da jovem que escreveu o texto.

Written by Nuno França - Photography

5 de Junho de 2014 at 11:20

Cupidity

leave a comment »

Adorei esta história!

Written by Nuno França - Photography

5 de Abril de 2014 at 17:34

Sweet Lorraine – A 96 Year Old Man Writes A Love Song!

with one comment

Simplesmente lindo!

É um sucesso de vendas no iTunes.

Doçuras

leave a comment »

Written by Nuno França - Photography

19 de Junho de 2013 at 11:24