Paranóias

You will find everything here!

Foto(s) do dia / Photo of the day

leave a comment »

 

Os seres humanos há muito que extraem morfina e codeína das papoilas do ópio.

Mas de que forma a evolução dotou estas flores de poderes analgésicos? Não foi simples.

O DNA da papoila revela que, ao longo de 110 milhões de anos, boa parte do seu genoma duplicou duas vezes, e dois genes suplementares fundiram-se num que é crucial para a formação do narcótico. A descoberta pode contribuir para o melhor conhecimento dos opiáceos.

Fotógrafo:

Joe Petersburguer

Fonte:

National Geographic Portugal

Comment!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: