Paranóias

You will find everything here!

Génio era pouco!!

with 12 comments

Abriu ontem esta exposição: Leonardo da Vinci – O Génio.

Fui vê-la hoje!

Resultado? Geralmente este tipo de exposições, gosto de ver como devem ser vistas: com muita atenção

A minha visita demorou 2 horas e 40 minutos (e não levou mais porque não vi o documentário) – mas confesso que vou voltar lá novamente.

Ora, Leonardo da Vinci nasceu em 1452 em Vinci, Itália.

Lê-se no panfleto “um dos maiores génios da humanidade”. Eu, depois ter visto com muito entusiasmo esta exposição, arrisco mesmo em dizer que é o génio da humanidade.

Inventou de TUDO… sim, mesmo de tudo. Não fazia a minha ideia da quantidade de invenções que fez.

Uma das coisas que mais me fascinou e me fez ficar de boca aberta foi o Homem Vitruviano.

Porquê?!

Porque para mim, até hoje, não tinha qualquer significado para mim. Agora… agora é só ler o que está abaixo e que foram explicando num vídeo durante a exposição:

O Homem Vitruviano é baseado numa famosa passagem do arquitecto/arquiteto romano Marcus Vitruvius Pollio na sua série de dez livros intitulados de De Architectura, um tratado de arquitetura em que, no terceiro livro, ele descreve as proporções do corpo humano:

  • Um palmo é a largura de quatro dedos;
  • Um é a largura de quatro palmos;
  • Um antebraço ou cúbito é a largura de seis palmos;
  • A altura de um homem é quatro antebraços (24 palmos);
  • Um passo é quatro antebraços;
  • A longitude dos braços estendidos de um homem é igual à altura dele;
  • A distância entre o nascimento do cabelo e o queixo é um décimo da altura de um homem;
  • A distância do topo da cabeça para o fundo do queixo é um oitavo da altura de um homem;
  • A distância do nascimento do cabelo para o topo do peito é um sétimo da altura de um homem;
  • A distância do topo da cabeça para os mamilos é um quarto da altura de um homem;
  • A largura máxima dos ombros é um quarto da altura de um homem;
  • A distância do cotovelo para o fim da mão é um quarto da altura de um homem;
  • A distância do cotovelo para a axila é um oitavo da altura de um homem;
  • O comprimento da mão é um décimo da altura de um homem;
  • A distância do fundo do queixo para o nariz é um terço da longitude da face;
  • A distância do nascimento do cabelo para as sobrancelhas é um terço da longitude da face;
  • A altura da orelha é um terço da longitude da face.

Vitrúvio já havia tentado encaixar as proporções do corpo humano dentro da figura de um quadrado e um círculo, mas suas tentativas ficaram imperfeitas. Foi apenas com Leonardo que o encaixe saiu corretamente perfeito dentro dos padrões matemáticos esperados.

O redescobrimento das proporções matemáticas do corpo humano no século XV por Leonardo e os outros é considerado uma das grandes realizações que conduzem ao Renascimento italiano.

O desenho também é considerado frequentemente como um símbolo da simetria básica do corpo humano e, para extensão, para o universo como um todo. É interessante observar que a área total do círculo é idêntica ‘a área total do quadrado e este desenho pode ser considerado um algoritmo matemático para calcular o valor do número irracional phi (=1,618).

De doidos, de génios, sei lá… demais mesmo! Fantástico!

(nota, o texto acima foi copiado, literalmente, deste link.

Algumas curiosidades/citações:

  • Leonardo da Vinci era esquerdino, sendo que, escrevia também da direita para a esquerda;

  • Tinha muito respeito pela vida e pelos animais. Era vegetariano, comprava pássaros para depois libertá-los;
  • “Que o teu orgulho e objectivo consistam em pôr no teu trabalho algo que se assemelhe a um milagre., sobre o quadro: Virgem dos Rochedos;
  • As mãos e os braços, em todas as suas ações devem exibir a intenção da mente que os move, até quando for possível, porque, por meio deles, quem tiver um bom julgamento mostrará intenções mentais em todos os seus movimentos.“, sobre a pintura “A Última Ceia”

Amanhã volto a escrever sobre este tema, neste momento, o que posso dizer:

OBRIGADO ao Governo Regional dos Açores por trazer uma exposição deste calibre aos Açores!

12 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. mto bom mesmo tenho 34 anos e desde os 19 anos qe estudo leonardo ate sei a sua forma de escrever ele usava um codigo e eu seiu de cor 😀

    XSXD

    26 de Agosto de 2010 at 19:42

  2. emque ese homem foi desenhado e ja descobrirão o seu enigma ou não bem iso bem comfuso um homem com 4 penas e 4 brasos sinistro em e uma coisa quase seila nem tenho palavras emtão valeu vcs sao dimas paz e amor broder

    victor

    27 de Abril de 2010 at 17:51

  3. Que decada o Homem Vitroviano foi desenhado

    keetlen

    16 de Março de 2010 at 23:43

  4. Bem que grande post! Amei! Tudo muito bem explicado! Também estava para ir a essa exposição, mas não deu… E já estou arrependidíssima! 😦

    Os meus parabéns, mais uma vez, pelo blog 🙂

    Beijinhos****

    Mary Jo

    25 de Agosto de 2009 at 20:01

  5. […] 8 máquinas alegóricas (inspiradas no trabalho de Leonardo Da Vinci), 14 acrobatas e 4 […]

  6. Olha afinal enganei-me x) com a “coisa” do génio…
    Deve ser uma excelente exposição, infelizmente do sitio onde moro…para ver exposições….”decentes” é ainda um “bocadinho” longe…
    Descobrir Da Vinci, conhecer o génio atrás de tanta obra incompreendida(na época dele)

    Zar

    19 de Agosto de 2009 at 16:00

  7. O gajo é um génio intemporal, adapta-se e adaptar-se-á a qualquer altura da evolução do ser humano, porque um génio é um génio e Da Vinci é um génio.
    Por acaso quero ir ver essa exposição, mas com tempo, com muito tempo e alguma paciência para ter em atenção todos os pormenores.

    Amarino França.

    18 de Agosto de 2009 at 18:56

    • Sim, é sem dúvida um Grande Génio!

      E sim, a ver veres a exposição, que seja com MUITO tempo, porque é uma coisa para se ver com muito interesse e atenção. 🙂

      paranoiasnfm

      18 de Agosto de 2009 at 19:01

  8. …e que também escrevia invertidamente (como se estivesse a olhar por um espelho), e que comprava cadáveres para depois dissecar e desenhar cada músculo (ainda estávamos no século XV), diz que também gostava de rapazes, assim como muitos grandes artistas d’época!

    Paulo

    18 de Agosto de 2009 at 14:31

    • Sim, mais um pormenor, que achei fantástico, pois levei 5 minutos para decifrar um texto de 4 linhas, escrito ao contrário. Agora, perceber que este escrevia assim grande parte dos seus códices, é impressionante.

      Ele dissecou mais de 30 cadáveres durante a sua vida.

      paranoiasnfm

      18 de Agosto de 2009 at 18:55

  9. poo sou fanatica pelo da vinci! isso pode se ir a qualquer hora?

    essa cena do homem vitruviano já vem desde a grécia antiga… quando eles dividiam o corpo pelas medidas da cabeça… a cabeça era a setima parte do corpo.

    poo mt fixe msmo… tenho msmo que ir ver isso e a exposiçao do world press photo tb!

    marah

    18 de Agosto de 2009 at 01:04


Comment!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: