Paranóias

You will find everything here!

No Country For Old Men – Este país não é para velhos (review)

with one comment

O grande vencedor dos óscares deste ano.

Estava ansioso. Adorei o filme.

A representação deste senhor no filme está muito, muito boa mesmo:

Javier Bardem

Depois, temos outro grande senhor… um actor fantástico, Tommy Lee Jones, com uma representação simplesmente genial, como afirma o senhor Nuno Markl:

Fala também de desencanto, de já não ter idade para certas coisas, e uma vez mais dá a Tommy Lee Jones uma daquelas interpretações de genial subtileza.

Uma representação com muitas piadas do senhor Tommy, que ficaram mesmo a calhar. 😀

Esta foi uma das cenas em que o xerife deixou uma piada. Brutal mesmo.

Baseado no romance homónimo de Cormac McCarthy, o premiado autor americano, “Este País Não é Para Velhos” é um hipnótico “thriller” dos irmãos Coen, os realizadores de “Fargo” e “Barton Fink”. Nos dias de hoje, os ladrões de gado deram lugar a traficantes de droga e as cidades pequenas tornaram-se campos de batalha. Llewelyn Moss (Josh Brolin) descobre uma carrinha, rodeada por cadáveres, com um carregamento de heroína e dois milhões de dólares em dinheiro. Moss resolve ficar com o dinheiro e o seu acto desencadeia uma série de acontecimentos extremamente violentos, que nem mesmo a lei, na figura do velho e desiludido Xerife Bell (Tommy Lee Jones), consegue travar.
À medida que Moss procura fugir aos seus perseguidores, sobretudo a um misterioso homem (Javier Bardem) que atira uma moeda ao ar para decidir se poupa ou não a vida aos seus inimigos, o filme retrata de forma dramática temas tão antigos como a Bíblia e as manchetes sanguinárias dos jornais. “Este País Não é Para Velhos” foi nomeado para oito Óscares, vencendo quatro: melhor filme, melhor realizador, melhor actor secundário e melhor argumento adaptado.

Pego aqui em mais uma afirmação do senhor Markl.. e da qual digo.. deve ter sido por isto que o filme foi o grande vencedor deste ano:

(…) ousa, por exemplo, ser avassaladoramente lento (lá se perde a mal do short attention span!), porque tudo aquilo tem mesmo que ser lento para ser tenso… E a tensão é brutal(…)

Vejam este filme! Vale mesmo a pena. 😀

Trailer:

http://www.youtube.com/watch?v=i1TqPm_ticY

Fontes:

IMDB

CINECARTAZ.PUBLICO.PT

Há Vida em Markl

Written by Nuno França

18 de Abril de 2008 às 11:07

Publicado em Paranóia, TV/Cinema

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] Inferno – Ricardo Araújo Pereira; O Poder da Inteligência – Tony Buzan. Filme(s): Into The Wild; No Country For Old Men. Musica(s): Há muitas… e vem a mesma cantiga de sempre: David Fonseca, Silence 4, podem […]

    Desafio 1 « Paranóias

    22 de Abril de 2008 at 13:24


Comment!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: