Paranóias

… Um weblog dedicado a paranóias e não só …

Posts Tagged ‘Kian Ann Ong

Mulher ficou sentada numa sanita 902 DIAS!

leave a comment »

Há coisas estranhas o suficiente para deixar uma pessoa a pensar em mil e uma coisas…

Esta é uma delas!

Chama-se Mee Yan Leong, é chinesa, e tornou-se conhecida por ter passado mais de dois anos e meio sentada na sanita de sua casa. Esta mulher que vive em Singapura afirma que “sentia uma força” que a segurava ao sanitário… E por ali permaneceu, durante 902 dias. Neste período, tomou apenas 18 banhos… O marido, Kian Ann Ong, aguentou este sacrifício por amor.

A estranha história de uma chinesa que não conseguia largar a sanita deve-se a um desequilíbrio mental, que levava a mulher a sentir uma estranha força, que a puxava para a sanita e impedia que saísse. Mee Yan Leong viveu sentada, durante mais de dois anos e meio, indiferente aos apelos do marido, Kian Ann Ong, que tentou de todas as formas remover a mulher da casa de banho.

A mulher apenas se levantava para tomar banho, o que só fez por 18 vezes, desde 2009, ano em que se sentou na sanita completamente nua. Comeu e dormiu na casa de banho e sempre que tentava levantar-se sentia-se apedrejada por estranhos. Foi colocada uma televisão e um rádio na casa de banho, para que o tempo custasse menos a passar.

O marido, Kian Ann Ong, tentou demover a mulher daquela paranóia, mas sempre sem sucesso. Aguentou 902 longos dias, até que esgotou a sua paciência. Na incapacidade de retirar a mulher da sanita, decidiu contactar os serviços de emergência da Singapura, em setembro de 2011, para que retirassem Mee Yan Leong da sanita.

A chinesa foi transportada para o hospital, onde se encontra em tratamentos psiquiátricos, mas também físicos, porque durante este longo período perdeu muito peso. Não estabeleceu relacionamento com ninguém, exceto com o marido. Recusou-se até a falar com o filho, de 27 anos.

Entre março de 2009 e setembro de 2011, passaram-se 902 dias. O marido explica que aguentou tanto tempo porque ficou “sensível” aos argumentos de Mee Yan Leong. Apesar de doente, era a sua mulher e o homem queria tê-la a seu lado.

Fonte:

PTJornal

Written by paranoiasnfm

24 de Janeiro de 2012 at 22:09

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 638 outros seguidores